segunda-feira, 12 de julho de 2010

A vida

A vida
talvez
seja uma velha piada
sem graça
já desafinada.
mas afinal
o que nos resta?
temos que viver.
e se viver é uma piada
eu nada mais quero
que morrer a dar gargalhadas.

(Gabriela Marques)


Me inspirei lendo o Blog do Marcelo Mayer.
E hoje, devo total gratidão à Livia, que fez de meus versos um lindo banner, digamos assim, no qual postou em seu blog.

11 comentários:

  1. Tb quero isso... morrer a dar gargalhadas :)
    Bjão e uma ótima segunda.

    ResponderExcluir
  2. A vida as vezes é uma piada mesmo .-.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que lindo isso *-*
    Também quero morrer assim, haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Linda poesia, concordo que se a vida é uma piada quero morrer as gargalhadas. :)

    ResponderExcluir
  5. Bom, chega de desentendimentos, né? (: Que ótimo que gostou dos meus texto, pois eu já sou seu fã. Adoro mesmo teu jeito de escrever, você tem futuro nisso.

    Que tenhamos muitas risadas nessa piada viva que é a vida.

    Até mais :*

    ResponderExcluir
  6. Sim.. Posso publicar textos seus no meu blog? Com seu nome e tudo. Espero que sim, pois adoro seus poemas e quero divulgar (: Se sim, espero fazer meu próximo blog com um debate com alguém poema seu, te passo antes de postar pra ver se você gosta.

    ResponderExcluir
  7. Já escutei sim. Adoro Lenine! 'um pouco mais de paciência..' Se não me engano fiz um post inspirado nessa música, depois procuro e lhe mostro, se não, faço um (:

    E em relação ao seu nome, não se preocupe, será uma honra tê-lo no meu blog.

    Até mais :*

    ResponderExcluir
  8. A vida sempre foi uma piada e, mesmo que ela não fosse, nada seríamos sem as gargalhadas.
    Uma maneira de esvairmos.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Vamos gargalhar juntas???
    Hehehe...

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Faça um comentário, se houver um. Caso ao contrário, se apenas gostou do texto, ou o leu e não há nada a declarar, clique nas opções acima (Eu li/E gostei).
Saiba que não precisa obter conta no Google para comentar, você pode deixar seu comentário como anônimo. Preferindo se identificar, deixe seu e-mail ou algo assim. Os comentários de postagens recentes passam primeiro pela minha aprovação, não o postarei de você quiser deixá-lo oculto.

Pratique a leitura.

Translate