sexta-feira, 20 de maio de 2011

Versibrincando

A vida me engole
se engasga
e cospe
me esmaga
me chuta
me acorda
me empurra
estipula
o atraso
cansaço
estardalhaço
do dia
agonia
o sono
o peso
a mal dormida
a pressa
não cessa
deita
levanta
se lava
reclama
sento
durmo
perco
o foco
sufoco
mania
humor
ruim
me ocupa
e some
o sossego
que havia
em mim.

12 comentários:

  1. A vida nos consome
    nos parece contrária
    à regra que é vivida
    quando o que se atesta
    é um ir-se em dores, ais
    e a saúde física e mental
    ser desfeita e nada mais de vida um dia.
    Ainda bem que a poesia enfeita.

    Feita pro seu coment.
    Abraços!! E. Lazaro

    ResponderExcluir
  2. Saiu outra pela sua:

    Vivência

    Consome
    sem dose
    indefina
    e devora
    faminta
    a vida
    de vida
    contrária
    contraria
    a regra
    à regra
    e atesta
    na prática
    sua, minha
    nossa patologia
    a cada dia
    em da ser
    que respira
    para um dia
    deixar de ser
    símbolo de vida,
    e longe estará.
    Aqui, só poesia
    tenta a vida
    e enfeita.

    Eduardo Lazaro
    http://ebrancaglioni.blogspot.com/2011/05/vivencia.html

    ResponderExcluir
  3. Que lindo teu brincar...
    obrigada querida, pelos votos de feliz aniversário... foram muito importantes! obrigada de coração!

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Gostei do joguinho.
    É constante essa perda de sossego de minha parte. O bom é que a calmaria sempre volta a imperar.

    Beijo, Gabi.
    Hasta!

    ResponderExcluir
  5. Ficou simples e adocicado ao mesmo tempo, moça.
    Um jogo de palavras bom de se ler.

    Obrigada pelos elogios. Confesso que não sei lidar bem com os tais.

    ResponderExcluir
  6. Pareceu palavras de vestibulando.
    E toda vestibulando fica um pouco louca.

    Saudade daqui, de você, mais precisamente.
    Perco seu blog na lista dos meus blogs, vou acabar tendo que colocar o link do seu blog na minha lista de sites preferidos e mais visitados.

    beijos no ar..

    ResponderExcluir
  7. Adorei, gabi!
    A vida recompensa! =)

    ResponderExcluir
  8. Certíssima, Dica! Este ano é ano de vestibular, tô sufocada! Por isso peço perdão pela ausência.

    Assim esperamos,Lívia, uma vida complicada, corrida, mas no fim cheia de recompensas.

    Beijo doce!

    ResponderExcluir
  9. Brincando de palavriar...

    A vida
    passa
    a chuva
    para
    o mundo
    acaba mas
    amanhã
    o dia
    começa
    outra
    vez.

    :)

    ResponderExcluir
  10. Saudade de tuas palavras espero que estejas bem
    Lindos versos beijo poesia

    ResponderExcluir
  11. Que lindo teu brincar, Gabi. Encantador. Merecedor de muitas palmas. rs
    Perdoo o seu sumiço. Mas que não deixe de dar notícias :)

    Um beijo, flor.
    Boa semana pra você.

    ResponderExcluir

Faça um comentário, se houver um. Caso ao contrário, se apenas gostou do texto, ou o leu e não há nada a declarar, clique nas opções acima (Eu li/E gostei).
Saiba que não precisa obter conta no Google para comentar, você pode deixar seu comentário como anônimo. Preferindo se identificar, deixe seu e-mail ou algo assim. Os comentários de postagens recentes passam primeiro pela minha aprovação, não o postarei de você quiser deixá-lo oculto.

Pratique a leitura.

Translate