terça-feira, 25 de setembro de 2012

O amor é a loucura que apenas os loucos sentem e fingem que não sentem porque acreditam ser normais.

[Gabriela Marques]

6 comentários:

  1. complicado isso, vai ver ando tão frio porque, no fundo, sei que sou um pouco loouco...

    beeeijo!

    ResponderExcluir
  2. Disso os loucos sabem, só os loucos sabem. ♪

    http://cafeeocio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Dentre as muitas definições que cabem a isto que chamamos amor, não vejo contradição nessa que você sentencia... até apostaria que está certa.

    Pedi demissão das repartições e da vida de burocrata. Espero ter feito as pazes com a literatura...

    Beijos e abraços, sempre bom voltar aqui.

    ResponderExcluir
  4. Poisé, muito verdade isso.

    Bjws"

    ResponderExcluir
  5. Mas... e o que é ser normal? Acredito que todos são loucos dentro de sua normalidade ou todos são normais dentro de sua loucura. Não tem algo certo ou errado. A vida não é traçada. Somos nós que a desenhamos. =)

    ResponderExcluir

Faça um comentário, se houver um. Caso ao contrário, se apenas gostou do texto, ou o leu e não há nada a declarar, clique nas opções acima (Eu li/E gostei).
Saiba que não precisa obter conta no Google para comentar, você pode deixar seu comentário como anônimo. Preferindo se identificar, deixe seu e-mail ou algo assim. Os comentários de postagens recentes passam primeiro pela minha aprovação, não o postarei de você quiser deixá-lo oculto.

Pratique a leitura.

Translate