sábado, 12 de junho de 2010

versos livres

Mania pessimista
Crenças inadmissíveis
um amor que não vem
... esses tempos difíceis.
esperar por alguém
vem ser um tanto complicado
mais ainda nesses dias
em que se nota
a ausência de alguém ao lado.
mas tudo passa
é só mais um dia
e amanhã um novo sol irradia.
mania pessimista de achar que o amor
é como o sol
nem para todos brilha.
pois que venha, ó luz
me ilumina
guia-me para a paz
de alcançar um novo dia.



5 comentários:

  1. sem palavras. amei C:

    se cuida :*

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Amei..
    Mas também tenho a mesma mania
    penso que o amor é como o sol..
    bem pra todos brilha..
    e pra mim te fato ele resolveu nunca brilhar...:s

    ResponderExcluir
  3. Já te disse que amo teus poemas???
    Flor...
    Adorei!!!
    Simplesmente...
    Fantástico!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. A-D-O-R-E-I-!
    Lindo demais! mesmo mesmo

    Bjão =^.^=

    ResponderExcluir
  5. O sol sempre nasce pra todos... embora o tempo de cada um seja diferente! A luz, sempre chegará!
    Parabéns, beijos!

    ResponderExcluir

Faça um comentário, se houver um. Caso ao contrário, se apenas gostou do texto, ou o leu e não há nada a declarar, clique nas opções acima (Eu li/E gostei).
Saiba que não precisa obter conta no Google para comentar, você pode deixar seu comentário como anônimo. Preferindo se identificar, deixe seu e-mail ou algo assim. Os comentários de postagens recentes passam primeiro pela minha aprovação, não o postarei de você quiser deixá-lo oculto.

Pratique a leitura.

Translate