quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Versos #2 - Um passo de cada vez


Me ajeito na cama,
recosto a cabeça para pensar
no que se foi, no que virá...
e planejo ao mesmo tempo em que de ontem me esqueço.


escrevi dia 3 - JAN - 2011

[Gabriela M.]

12 comentários:

  1. Eu tento esquecer dos ontens, mas é quase impossível. Aliás, é impossível.
    Apenas o tempo para turvar as lembranças e dificultar a recordação - ainda assim, elas sempre existirão; apenas não terão os mesmos detalhes e a mesma intensidade do que outrora.

    ResponderExcluir
  2. LEGAL TEU BLOG... TO SEGUINDO... SIGA-NOS

    LUCRE COMISSÕES E DIVULGUE
    GRÁTIS SEU BLOG AQUI:

    www.psdesigner.com.br/entretenimentos

    OBRIGADO!
    Marcos Roberto

    ResponderExcluir
  3. Típica noite de insônia,dizem que a madrugada é ótima para pensar...o engraçado que nos leva ao mesmo assunto da noite anterior
    Beijão Gabs

    ResponderExcluir
  4. Ultimamente tenho estado tão cansada que nem penso antes de dormir! Ainda bem! ^^

    ResponderExcluir
  5. O que somo senão,um dia após o outro?marcas de ontem,vivendo hoje,na esperança do amanhã

    ResponderExcluir
  6. Você tem uma intensidade e uma sensibilidade incríveis! Adoro suas palavras! Elas sempre dizem muito, independente de quão curtas elas sejam! parabéns, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Faço isso com tanta freqüência...
    Belo poema!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. O ontem nos fez o hoje. Então, vai ser quase impossível esquecer. Será que é melhor? Talvez até seja, mas vale a pena levar como mais uma lição.

    Lindo, Gabi.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Geralmente, não consigo esquecer o ontem. Mesmo quando o ontemn foi ruim. NUNCA me esqueço do ontem bom, esses devem ser guardados para sempre na memória. Os ruins, bem... encosto em algum cantinho que não olharei muito, mas que posa resgatar algum dia para relembrar a lição que tive e repassar para aqueles que futuramente passaraão pela mesma situação.

    ResponderExcluir

Faça um comentário, se houver um. Caso ao contrário, se apenas gostou do texto, ou o leu e não há nada a declarar, clique nas opções acima (Eu li/E gostei).
Saiba que não precisa obter conta no Google para comentar, você pode deixar seu comentário como anônimo. Preferindo se identificar, deixe seu e-mail ou algo assim. Os comentários de postagens recentes passam primeiro pela minha aprovação, não o postarei de você quiser deixá-lo oculto.

Pratique a leitura.

Translate